“Temos que ficar alertas e aprender a dizer não. Não às drogas e à violência. E foi isso que aprendemos com as aulas do Proerd. Temos que permanecer firmes no caminho do bem”, enfatizou a aluna Camila Antunes, de 10 anos. Estudante do 5º ano do ensino fundamental do Ciep Municipalizado Constantino Reis, em Belford Roxo, Camila foi uma das cerca de 200 crianças que receberam o certificado de participação no Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), na escola. Promovido pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, o programa foi realizado durante o primeiro semestre nas escolas da rede municipal de ensino de Belford Roxo e teve o seu encerramento nesta segunda-feira (3).

 Para o prefeito da Cidade, Wagner Carneiro, o Waguinho, o programa ajuda a formar cidadãos responsáveis. “Agradecemos a parceria da Polícia Militar, que ajuda os alunos a não se deixar se iludir com as coisas fáceis oferecidas pela vida”, explicou o prefeito.  De acordo com instrutor educacional do Proerd, subtenente Elton Cardoso Silva, o curso é ministrado a cada seis meses. “Orientamos as crianças a dizer não às drogas e à violência. Também transmitimos valores como amizade, respeito e cidadania. Todo ensinamento é importante para o crescimento dos alunos. A nossa intenção é formar agentes multiplicadores nas comunidades”, explicou o instrutor.

 A professora Deçulina da Conceição, do departamento de Projetos Especiais da Secretaria de Educação, também disse da importância da realização do programa nas escolas. “Vivemos em um mundo onde a violência impera. A droga é um caminho perigoso e que pode levar à morte. Temos que ensinar as crianças no caminho do bem”, disse. Segundo a diretora da escola, Vera Lúcia Martins de Oliveira, o Proerd é de suma importância na vida das crianças e jovens. “Nossos alunos precisam aprender a dizer não. O programa ajuda a distinguir o certo do errado”, frisou a diretora.

 Para o secretário-Executivo de Defesa Civil, Cristiano de Souza Lírio, as crianças  devem se comprometer a permanecer livres das drogas e a serem agentes multiplicadores em suas comunidades.  Representantes do 39º BPM (Belford Roxo), Cabo PM Renata dos Santos Bastos e o aspirante José Rubens Alt e a professora Inácia Stela da Silva, também participaram do enceramento do Proerd.

 O Programa Educacional de Resistência às Drogas e Violência (Proerd) tem o objetivo de conter o uso de drogas lícitas e ilícitas entre crianças e adolescentes. Policiais Militares ministram um curso nas escolas onde ensinam os alunos a dizer não às drogas, valores e cidadania. Um dos objetivos é formar cidadãos responsáveis e agentes multiplicadores.

Fonte: Prefeitura de Belford Roxo

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: