No mês de Julho, um curto circuito causou incêndio e destruição na Escola Municipal Pastor Rubens de Castro que fica no bairro Xavantes. Mas, a situação está mudando, pois, a Prefeitura está terminando a reforma da escola, que terá sete salas de aulas e comportará 340 alunos divididos em 12 turmas do 1º ao 4º ano de escolaridade.

A diretora Natália Valéria Tomaz de Azevedo explicou que após o incêndio os alunos foram alocados na Escola Municipal Miguel Ângelo Leone, no bairro. Ela frisou que a unidade estava em precárias condições antes do incêndio. ” Eram paredes infiltradas e fiações emendadas. Depois da reforma ficará linda”, resumiu.
O prefeito Waguinho, frisou que a reforma das escolas municipais é uma das prioridades do governo. Ele destacou que em janeiro, primeiro mês de mandato, visitou as unidades e viu o precário estado delas. “Os prédios não ofereciam as mínimas condições de alunos e professores desenvolverem um bom trabalho. Não podíamos chamar de escola aquilo que vimos. Era um abandono total. Determinei a reforma de todas e já estou preparando licitação para construir mais sete. Creio que investir em educação é ter a certeza de um mundo melhor”, disse o prefeito, acrescentando que a Pastor Rubens de Castro estava precisando ser reformada.
O prédio que tem uma área construída de 500 metros quadrados, foi remodelado. A cozinha que era em cima passou para o térreo, onde ficará também uma sala para alunos com dificuldade de locomoção. Serão construídas ainda três salas para a parte administrativa, sala de leitura e de informática.

Já o andar superior, ganhará seis salas que já estão sendo pintadas e com as portas prontas para serem colocadas, além de dois banheiros. Cada sala de aula da escola terá dois ventiladores, o teto terá forro antichamas e a iluminação será de led.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: