A Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania de Belford Roxo disponibilizou vários serviços gratuitos para os moradores do bairro Jardim Nova Esperança. O projeto Cidadania em Ação ancorou na Rua Guapeva. Quem passou por lá, entre 9h e 13h teve a oportunidade de obter isenção para segunda via de documentos, se inscrever em vários programas sociais, tomar vacina contra a Febre Amarela, HPV e até fazer limpeza de pele. O projeto acorre uma vez por semana (sexta-feira) e percorrendo todos os bairros da cidade.

A Secretária de Assistência Social e Cidadania e primeira-dama, Daniela Carneiro, participou do evento e conversou com os moradores. “É muito gratificante levar o serviço público a quem precisa. Isso é um dever e sua prática deve ser constante. O Prefeito Waguinho (Wagner Carneiro) tem essa preocupação”, disse Daniela, idealizadora do projeto. “Nunca vi tanta facilidade e rapidez para conseguir segunda via de documentos e pertinho de casa. A Prefeitura está de parabéns. Nota 10. Eu amei”! Assegurou a dona de casa, Eliude Reis, 45 anos, que além de conseguir isenção para segunda via da Certidão de Nascimento, identidade do filho e do marido, aproveitou para se inscrever no programa Vale Social.

Aos moradores do Jardim Nova Esperança foram oferecidos os seguintes serviços: vacinação contra a Febre Amarela e HPV, Vaga Legal, Vale Social, Passe Interestadual, Casamento Civil, ID Jovem (documentos que possibilita acesso aos benefícios de meia entrada em eventos artístico-culturais e esportivos, vagas gratuitas ou com desconto no sistema de transporte coletivo interestadual), Procon e serviços de beleza. Também foram disponibilizados a isenção para segunda via para documentos como: Carteira de Identidade, Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, Certidão de óbito, CPF, Cartão SUS, Bolsa Família, Ouvidoria e o Programa Morar (regularização de imóveis).

O jovem André Eduardo Teixeira, 18 anos, soube do projeto Cidadania em Ação e não perdeu tempo. “Vim tirar a minha identidade e aproveitei para fazer limpeza de pele. Se fosse para pagar pelo serviço eu não teria como fazer. É muito legal a Prefeitura se preocupar com pessoas que moram longe do centro e não têm condições financeiras para colocar a documentação em dia e cuidar da pele como eu fiz. Curti muito”, afirmou o rapaz. Eloisa Brito e sua filha Luiza, 15 anos, tomaram a vacina contra a Febre Amarela. “Pensei até que não fosse mais conseguir e a Prefeitura nos facilitou. Muito bom esse projeto. Uma grande oportunidade”, disse ela que também pegou informações para aquisição de CPF para a filha. Já Lucas Alves, 19 anos, em companhia da tia, Lindinalva e do sobrinho Darlan de 11 meses, declarou: “Vim tirar minha Carteira de trabalho e minha tia o Cartão do SUS. Foi tudo muito rápido”.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: